Home

Idade

Sem sombra de dúvidas, a principal causa de morte em pessoas com idade acima de 65 anos é a doença coronariana. Portanto, o fator idade indica maior ou menor risco para coronariopatia, valendo para ambos os sexos. A partir dos 65 anos, os riscos, mesmo na ausência de outros fatores, aumentam rapidamente. Entretanto, o fato de ser jovem não isenta o indivíduo de risco. Embora não seja tão comum como nos adultos, existem crianças que têm colesterol elevado e isso decorre principalmente dos erros alimentares pela ingestão excessiva de gordura animal (leite integral, manteiga, ovos, queijos etc.), pizzas e hambúrgueres tão apreciados pelas crianças e adolescentes. Quanto maior a ingestão de gordura e mais obesa for a criança, maior o risco.

  • Recomenda-se que o colesterol total seja medido em crianças maiores de 2 anos, se um dos seus pais tiver nível de colesterol de alto risco, isto é, acima de 240 mg/dl.
  • História familiar positiva de doença coronariana no pai ou em parente de primeiro grau (tio, avô) do sexo masculino antes dos 55 anos de idade e/ou mãe ou uma parente de primeiro grau do sexo feminino antes dos 65 anos.
  • Em alguns casos, as estrias gordurosas que são os precursores da placa de ateroma são encontradas a partir dos 3 anos de idade. Portanto, a prevenção deve ser iniciada na infância, principalmente nos filhos das pessoas com as características acima citadas. Deve-se ter cuidado com a alimentação, fazendo com que as crianças sejam submetidas a uma dieta pobre em gorduras e se acostumem, desde cedo, a fazerem exercícios físicos. Os princípios alimentares aconselhados, de um modo geral, são os mesmos para os adultos.

 

Juarez Magalhães Brito
Cardiologista / Ecocardiografista – CRM 5565

 

 

Rua Leonor Calmon 256 - Centro Médico Christian Barnard, loja 30 térreo - Cidade Jardim
CEP: 40.240-620 - Salvador - Bahia. Tel - 3451-0200/0404/5037 - 3014-9650