Home

Hipertensão


Pressão arterial é a força que o sangue exerce sobre as paredes dos vasos sangüíneos. O coração e os vasos constituem um sistema hidráulico, onde o coração é uma bomba propulsora que bombeia em média 5 litros de sangue por minuto dentro de um sistema de tubulação, que são os vasos. Quando o coração se contrai, produz uma pressão denominada pressão sistólica ou máxima, que normalmente fica em torno de 130 mmHg e quando relaxa, produz uma pressão mais baixa, chamada de diastólica ou mínima, em torno de 85 mmHg.

Portanto, hipertensão arterial é a pressão PERMANENTEMENTE, SEMPRE maior que 140 mmHg para a pressão máxima e maior do que 85 mmHg para a pressão mínima.

A pressão arterial não é um número fixo, ela varia no decorrer do dia a depender de várias fatores, alguns comuns a todo ser humano (ciclo circadiano da pressão), outros específicos como exercícios, stress, situações de emergência, excesso de peso, idade ou emoções.

A pressão é normalmente mais baixa em repouso ou dormindo. Estas variações da pressão no decorrer do dia é perfeitamente normal. O anormal é a pressão estar PERMANENTEMENTE, SEMPRE elevada.

É importante salientar que a Hipertensão arterial na maioria das pessoas não causa sintomas. 01 em cada 05 Brasileiros, chegando a proporção de 01 para 02 entre os mais idosos, são portadores de pressão alta e no entanto, são pessoas extremamente bem dispostas e aparentemente sadias. No Brasil, mais de 15 milhões de pessoas são hipertensas. Você só saberá se é hipertenso se medir a pressão. Por isso é aconselhável medi-la periodicamente (pelo menos 03 vezes por ano). Hipertensão também ocorre em crianças. Embora ela tenha algumas predileções, não respeita status social nem conta bancária, ataca qualquer pessoa. Pode ser homem ou mulher, criança, jovem ou idoso, rico ou pobre, branco ou preto, calmos ou estressados.

A pressão alta, quando não tratada, com o tempo vai causando lesão nos vasos que podem se romper, como acontece no derrame cerebral (AVC) ou entupir, como ocorre no infarto. Ela produz lesões nos vasos difusamente por todo o organismo causando problemas no cérebro, coração, rins, visão etc.

A causa da hipertensão é desconhecida na grande maioria das pessoas. Existe uma predisposição genética, isto é, quem tem pais e avós hipertensos tem mais chances de ter a doença. Além disso, existem outros fatores que contribuem para o aparecimento da mesma: excesso de sal na alimentação, abuso de bebidas alcoólicas, peso acima do ideal, sedentarismo, stress etc.

A hipertensão não tem cura. Tem controle, que deve ser feito durante toda a vida.

Em relação ao tratamento, duas variáveis são importantes: o tratamento medicamentoso com medicação que reduz a pressão e as mudanças de hábitos e estilo de vida.

Algumas sugestões para mudanças de hábitos:

  • Nunca suspender a medicação sem a devida orientação do seu médico;
  • Reduza o sal na alimentação. Reduzir o sal, significa ingerir mais ou menos 05 gramas de sal por dia, o que equivale a 02 colheres de chá de sal por dia. Mesmo que você não adicione sal aos alimentos, eles contêm intrinsecamente 02 a 03 gramas de sal/dia;
  • Não coloque saleiro na mesa;
  • Não coma enlatados, isto é, alimentos processados e industrializados, mesmo vegetais como: ervilhas, milho verde, pois o conservante básico destes alimentos é o sal. Com exceção para os que têm especificação no rótulo de não conter sal;
  • Calcule o tempo que dura 01 kg de sal na sua casa, isto é, verifique o seu consumo de sal/dia, que já vimos que deve ser em torno de 05 g. Isto é feito da seguinte maneira: 1000 g dividido por 30 dias dividido pelo número de pessoas da casa. Exemplo: 1000 / 30 / 3 pessoas = 11g de sal/dia. Portanto, acima do permitido que é 05 g;
  • Pratique exercícios físicos regulares;
  • Controle o peso: evite doces e gorduras;
  • Pare de fumar;
  • Reduza a ingestão de álcool;
  • Controle o stress: gerencie seu tempo, estabeleça tempo para o lazer, pratique um hobby, reserve tempo para relaxar todos os dias.

 

Juarez Magalhães Brito
Cardiologista / Ecocardiografista – CRM 5565

 

 

Rua Leonor Calmon 256 - Centro Médico Christian Barnard, loja 30 térreo - Cidade Jardim
CEP: 40.240-620 - Salvador - Bahia. Tel - 3451-0200/0404/5037 - 3014-9650