Home

Dicas de Saúde - Hipertensão Arterial

O que é a Hipertensão Arterial?

A Hipertensão Arterial, mais conhecida como Pressão Alta, é uma alteração do controle da pressão que o sangue exerce sobre a parede dos vasos sangüíneos. Na maior parte das vezes, não existe uma causa específica para que esta alteração passe a se manifestar, sendo comum que ela apareça após os 30 anos de idade. A pressão arterial é medida através de um aparelho chamado esfigmomanômetro, que é colocado no braço do paciente, que deve estar descansado e na posição sentada. Este aparelho é inflado e desinsuflado gradativamente enquanto se escuta o pulsar da artéria do braço. Ë definida pressão alta a medida acima de 140 : 90 mmHg. É importante salientar que apenas uma medida pode não ser suficiente para o diagnóstico, sendo necessárias medidas em outras ocasiões para o diagnóstico preciso.

Por que a Hipertensão Arterial é tão importante?

A hipertensão arterial, assim como outras doenças (diabetes, alterações do colesterol, tabagismo), irá influir no acúmulo de gordura no interior dos vasos sanguíneos. Da mesma forma, poderá causar sobrecarga a órgãos vitais. Isto pode ocasionar doenças graves. Para se ter idéia da sua importância, a presença da Hipertensão Arterial aumenta em pelo menos 3 vezes o risco de doenças fatais, como os derrames e o infarto do coração.

Quais são os sintomas mais comuns?

Na grande maioria das vezes, a elevação da pressão arterial não causa sintomas, sendo definida como uma “doença silenciosa”. Alguns portadores da doença queixam-se de dor de cabeça, principalmente na nuca, aumento da vontade de urinar durante a noite, irritabilidade, cansaço, inchaço, palpitações, sangramento nasal, alterações na visão, entre outras manifestações. Vale lembrar que muitos destes sintomas aparecem apenas quando a hipertensão arterial já trouxe malefícios importantes para o organismo.

Quais são os órgãos mais afetados pela Hipertensão Arterial?

Os órgãos mais afetados pela elevação contínua da pressão arterial são o coração, o cérebro, os rins e os olhos. As doenças que podem ser causadas por esta alteração são o infarto do coração, a insuficiência cardíaca, o acidente vascular cerebral (derrame), a insuficiência renal e a perda da visão, chegando até à cegueira. É importante entender que estas doenças se desenvolvem com o tempo, sendo possível diminuir o risco com o controle adequado dos níveis da pressão arterial.

Quais são as condições mais comuns que levam à Hipertensão Arterial?

Diversos fatores podem influir no desenvolvimento da Hipertensão Arterial. Os mais importantes são:

 

  • Genética: é um dos principais fatores. Existe probabilidade muito mais alta de filhos de pais hipertensos desenvolverem pressão alta.
  • Obesidade: cada vez mais comum em nosso meio, o excesso de peso, principalmente associado ao acúmulo de gordura na cintura, é um importante fator. Indivíduos com Índice de Massa Corpórea (peso dividido pelo quadrado da altura) maior que 25 Kg/m2 têm maior risco.
  • Sedentarismo: a falta de atividade física facilita a obesidade e hábitos alimentares inadequados, levando aa Hipertensão.
  • Estresse: situações que causem ansiedade fazem circular mais adrenalina, hormônio que eleva a pressão arterial.
  • Sexo: a Hipertensão é mais comum em homens.
  • Idade: a incidência da pressão alta começa a aumentar em indivíduos acima de 30 anos.
  • Raça: os negros são mais susceptíveis a desenvolver hipertensão.
  • Hábitos: o consumo excessivo de álcool, sal, alimentos gordurosos, frituras e o tabagismo aumentam a possibilidade de hipertensão e doenças cardíacas.

O que deve ser feito para se evitar o desenvolvimento da Hipertensão Arterial?

A avaliação de fatores de risco em consultas médicas regulares e o desenvolvimento de um programa alimentar e de atividade física com seu médico, associados a mudanças de hábitos, como o fumo, tem impacto importante na diminuição do risco da hipertensão. Algumas destas ações podem trazer a normalização dos níveis da pressão arterial, sem a necessidade de remédios. Porém, quando estes são indicados, devem ser tomados de maneira regular e só podem ser modificados pelo seu médico. Portanto, o acompanhamento da Hipertensão Arterial por um profissional capacitado é essencial para que o risco que esta doença traiçoeira traz seja minimizado.

 

Rua Leonor Calmon 256 - Centro Médico Christian Barnard, loja 30 térreo - Cidade Jardim
CEP: 40.240-620 - Salvador - Bahia. Tel - 3451-0200/0404/5037 - 3014-9650